segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Eu pulso revolução - I heart revolution


Bom, esse texto que se segue eu recebi por e-mail do Pr Robson um dos pastores auxiliares da minha igreja (IMUB)!! Eu coloquei o título como "eu pulso revolução" que é um nome meio adaptado do projeto do Hillsong United....! Bom esse projeto é uma idéia de revolução no meio dos jovens cristãos e eu também aderi a causa do projeto deles, quem quiser pode também aderir pelo meu facebook, e algum dia também quero postar aqui todas as palavras traduzidas do Joel Houston (líder da banda) sobre o projeto, mas vamos a este texto adaptado pelo Robson!!
Boa leitura e Deus te abençõe! Sinta-se livre pra comentar ;)
Vivi.


MUDANDO DE IGREJA.
Vivemos numa época de transformações muito rápidas e o jovem não tem mais os paradigmas de antigamente. Os valores sociais mudam tão rapidamente que quase não temos tempo de examiná-los e diferenciar o certo do errado. Parece que tudo está ficando descartável, você usa e joga fora, a busca por algo novo é tão grande que o importante é a novidade. Isto efluência em todas as áreas de nossa vida. Estamos na era do "fast food" dos "shopping center" tudo muito rápido e descartável. Quando entrei pela primeira vez no Mc Donald's fiquei com pena de jogar no lixo toda aquela embalagem tão bonita e tão cara, não sabia eu, estava entrando numa nova era, a era do descartável. O pior, é que esta influência tem chegado até nós, na vida da igreja, cultos e programações descartáveis, músicas, mensagens, até mesmo igrejas, e porque não, o evangelho tem se tornado também descartável! Quem mais sofre com este problema são os jovens, que estão ainda em formação na sua vida cristã, e em seu caráter. Hoje vemos o surgimento de novas igrejas, comunidades, associações e movimentos. Temos um verdadeiro leque de opções que não tínhamos anos atrás. Igrejas para todos os tipos de pessoas e gostos. Com ênfases nas doutrinas antigas e modernas. Desde igrejas mais fechadas , ortodoxas e fundamentalistas até as mais liberais, igrejas modernas com doutrinas da "prosperidade" ou mesmo igrejas sem doutrina alguma. Não gostando de algum aspecto de minha igreja, ou mesmo, da própria liturgia, posso mudar-me para a igreja "da esquina" que me oferece muitas outras vantagens (um cargo/titulo melhor o famoso reconhecimento humano). Antigamente, não se podia trocar de comunidade, a não ser por motivos geográficos, se a família se mudasse para outro bairro ou cidade, ou se igreja começasse a pregar um algo herético. Trocar de igreja por um outro motivo (mesmo que fosse por insatisfação) era muito suspeito, não se aceitava alguém que viesse de outra comunidade a não ser com carta de recomendação. Hoje, não é mais assim, qualquer problema que aconteça em nossa comunidade, já é motivo bastante para pensarmos em mudar para outra igreja, e o pior que os lideres destas igrejas a recebem de bom grado ouvindo apenas a historia que a pessoa conta e chega a conclusão que Deus irá restaurar a vida o ministério, o que fizeram com vc é injusto blá,blá,blá fica tudo certo, “o líder traído fica como traído o ruim da historinha”. Percebe que a preocupação destes lideres é me ter a pessoa em sua igreja e não no Reino de Deus. Nestas horas chega a pensar que não estou falando da noiva de Cristo. Não sabemos mais qual a nossa identidade. Somos avivados? Pentecostais? Conservadores? liberais? Evangelicais? O que somos afinal? Há um grande pluralismo de doutrinas e liturgias. Por um lado, isto pode ser proveitoso, por causa da expansão e crescimento do Reino. Por outro lado, isto pode ser perigoso, pois não sabemos identificar o verdadeiro evangelho do senhor Jesus Cristo. Como diz o caipira: tem "chovido na nossa horta" Nunca se viu tanta igreja, todo tipo de comunidade, com todo tipo de nomes, a igreja virou "praga" como se diz no interior, para o crescimento exagerado de alguma planta. Li, outro dia, em uma revista , os nomes mais estranhos de igrejas, pensei que era gozação de quem tinha escrito, depois constatei que eram verdadeiros. Nunca aqui no Brasil a igreja cresceu e se proliferou tanto. Pensei até em começar uma "igreja do tio Jajá. Uma igreja cheia de graça" . Precisamos entender que a igreja não é do Jeito que queremos, mas sim o Jeito que Deus quer e isso é suficiente. Então porque as pessoas mudam de igreja (como trocam de camisa)? Simples, não querem andar do Jeito de Deus. Outro dia um jovem que se afastou da igreja ao encontrar-se comigo e eu questiona-lo sobre o motivo do afastamento, ele simplesmente me disse que percebeu que o louvor da igreja estava sem unção, então eu pedi para ele me explicar o que conhecia sobre o termo “unção” ... e por alguns tantos minutos houve um silêncio profundo na conversa .... Amados muitos mudam de igreja por que não querem mudar de vida, MUDAM DE IGREJA PARA NÃO MUDAR DE CARÁTER. Quando Judas traiu o Senhor Jesus ele mudou de Senhor e pensou que tudo ia dar certo, mas conhecemos muito bem o fim da história. Cito Judas porque entendo que mudar de igreja é como trair o seu pastor e sua liderança, pois cuidamos, alimentamos, curamos, ensinamos ... etc... depois outro se torna melhor, lembro-me que quando pequeno eu ia nas férias dormir na casa de meus primos e amigos e sempre eu tinha a impressão que viver na casa de meus primos e amigos era a melhor coisa, então desvalorizava a casa de meus pais ( acho que já aconteceu com muitos isso) porém vale ressaltar que quem me conhecia mesmo eram os meus pais, então ele sabiam das minhas qualidades, defeitos e dos meus “trijeitos “. Amados Deus não pula etapas de nossas vidas, o que tivermos que viver ou sofre vamos viver.Como disse triste é saber que estamos falando da Noiva de Cristo e de homens e mulheres de Deus, como quero repensar sobre estas coisas e me cuidar para não injusto com ninguém inclusive com os meus liderados, meus colegas pastores e principalmente com Deus.

Texto adaptado por Pr Robson Pimentel.

Um comentário:

Angelita Faria disse...

Oi vivi...sempre dou uma olhadinha no seu blog.
Desta vez olhei e gostei muito deste texto, então copiei e postei no meu orkut.

mil bjinhos no S2 e FIQUE COM DEUS

Angelita Faria