quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Experiencia com Deus - O Crescimento já começou...

Olá queridos que acompanham minhas atualizações!

Eu realmente estou nas mãos do oleiro...como Ele já havia me dito no fim do ano, esse ano é de crescimento pra mim...e Ele já começou a esticar, e moldar e abrir as feridas pra serem tratadas e amadurecidas.

Hoje fiquei aqui olhando alguns blogs e palavras que o Senhor me direcionou nesse processo...não está sendo fácil, mas como sei que estou nas mãos do Oleiro, estou segura de que no final vai sair um vaso lindo...e realmente não tenho vontade de mais nada nesses momentos, só de ficar com Ele, ouvindo a voz Dele e sentindo meu coração se encher Dele.

"Sara-me Senhor e serei curado, esse é o tempo de Cura, tempo de sarar as feridas que minhas fraquezas provocaram, e que agora preciso ser transformada pra CRESCER".

Aqui vão alguns trechos que selecionei desses blogs que falaram TREMENDAMENTE comigo e que sei que vão falar com vc também:

"É absolutamente inevitável cruzarmos os vales da dor e das perdas.

É totalmente improvável não atravessarmos os desertos das duras provações e angústias.

Quem nunca se sentiu como uma criança desamparada, como Ismael, chorando dolorosamente, deixado nos braços espinhosos de um destino sem amanhã, sentado à sombra de uma árvore solitária, no meio de poeira e pedras?

Não nos parece “justo”, muito menos agradável, mas, na sabedoria do Céu, e porque “Deus faz TUDO formoso no seu devido tempo”, estes são os tijolos de ouro refinado que constroem em nós um caráter melhor e mais quebrantado!

Na linguagem do Céu, tribulação se traduz por prata puríssima, fracasso é definido como “lições inestimáveis para uma vida com propósitos“, e sofrimento é descrito como “a semente da obediência“, e também como “a coragem dos ungidos”.

Lembre-se que Ismael, ainda que naquelas terríveis condições, aos prantos, clamou com todas as suas forças ao Deus Eterno, e “ouviu Deus a voz do menino, e bradou o Anjo de Deus a Agar (sua mãe**)desde os céus, e disse-lhe: “- Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a voz do menino desde o lugar onde está. Ergue-te, levanta o menino, e pega-lhe pela mão, porque dele farei uma grande nação”. (Gênesis 21. 17 e 18)

Deus ouve o nosso clamor! Deus reconhece imediatamente a nuvem das vozes súplices que intercedem por nós!"

GUARDE EM TEU CORAÇÃO:

Os milagres são a resposta de Deus para os impossíveis.

Os milagres são a intervenção divina sobre as nossas dores mais profundas.

Os milagres são a substância e o recheio que estrutura e forma o corpo dos sonhos.

São dez anos semeando, lutando, trabalhando, crendo, vivendo para o cumprimento do chamado, para o estabelecimento do Reino de Deus. Agora, começa o tempo da colheita, o tempo de abraçar o feixe das bênçãos, o tempo de cantar as maravilhas concretizadas, o tempo de beijar os sonhos vivos, os sonhos reais, os sonhos concretizados.

Ao longo do caminho, em meio às lutas e conquistas, conhecemos as perdas, e , por elas, amadurecemos. Quem disse que temos sempre que apenas ganhar?

A Palavra nos revela, com Sua Singular Sabedoria Eterna, que: “… há tempo de buscar, e tempo de perder…” (Ec 3.6)

“…há tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou …” (Ec 3.2)

Em dez anos, são incontáveis as experiências que cada um de nós vivenciou. Nenhuma delas foi em vão. Nenhuma delas acabou conosco.


"O amor deixa a liberdade viver no coração daqueles que a gente ama.

O amor nunca acaba, mesmo que a gente possa até não caminhar mais junto.

O tempo de comunhão que se passou junto sempre vai ter valido a pena."

"Vi que, realmente, as guerras – dores – pressões – angústias – provas, são um combustível para o profeta, para que sejamos experimentados e vívidos nas experiências de superação, liberação de perdão, manifestação de amor puro e limpo, capacidade de não perder a inocência e ao mesmo tempo, amadurecer; desenvolver a característica de ser resiliente e manter o fogo da paixão pelo chamado alta, acesa, incandescente…"

Todos esses trechos eu retirei do blog da Pra Ludmila Ferber

"Quando o bebê está pra nascer, o lugar onde por nove meses ele se desenvolveu e se sentiu confortável fica pequeno e estreito. Tudo se torna difícil e então ele nasce para um lugar espaçoso, com novos desafios e adaptações, mas isso acontece para que ele viva. A vida já começa com o grande desafio do que é novo.

Mudanças não são confortáveis. É muito bom ficarmos onde tudo está correndo bem, onde conhecemos todos e temos a alegria e o privilégio da amizade, do companheirismo e da cumplicidade. Antes eu andava em bando, agora ando em dupla. Antes eu estava como suporte, agora muitas vezes preciso ser suportada.

Talvez você esteja sentindo a pressão das contrações. Você está sendo empurrado para algo novo e às vezes assustador. Não tenha medo, este é o processo da vida! Deixe Deus te trazer para fora do seu lugar de conforto ou talvez comodismo. A vontade dEle é sempre melhor do que a nossa, e, se um dia você se entregou à Ele de fato, sua vida à partir de então passou a ter o que eu chamo de potencial para a maior aventura de todas.

Em Jesus vivemos o inimaginável e o sobrenatural."

"Definitivamente, até hoje, tudo de que eu “corri atrás” se tornou fonte de frustração e muitas lágrimas. Eu aprendi, vivendo um dia de cada vez, que os sonhos de Deus são realmente, como diz a Bíblia, bem mais elevados que os nossos; e os propósitos dEle, infinitamente melhores. Descobri também que às vezes persegui a coisa certa com a motivação errada – como, por exemplo, a minha autopromoção, atrair o olhar das pessoas pra mim ou simplesmente competir, como se o meu valor estivesse atrelado àquilo que eu faço e não à quem eu sou em Cristo."

Esses trechos retirei do blog da Helena Tannure.

Bom, espero que se você esteja nessa mesma fase de amadurecimento e crescimento com Deus também, isso tenha te fortalecido como me fortaleceu! E que se voce ainda vai passar, porque todos nós temos de amadurecer, também lembre-se dessas palavras!

Beijos,

Deus abençõe!

Vivi Buzzo.

3 comentários:

De cara limpa! disse...

"Antes eu estava como suporte, agora muitas vezes preciso ser suportada." Exatamente isso! Palavras que vem como um oásis!
Deus te abençoe Vivi.

Jéssica disse...

Como é bom te ver assim, também estou passando por um processo de esterelização..rsrsrs.. Jaja eu fico limpinha e pronta pra utilidade, a poeira sempre vem neh amiga, mais Jesus sempre esta ao lado dos seus instrumentos e hj eu sou um deles.. e VC graças a Ele esta comigo nessa =D
Estamos ligadas em oração ;
Te amo mto!

Dulce...Dependendo...Aprendendo...Crescendo... disse...

Um processo dolorido mas que é recompensador, já passei por ele, aliás tenho passado. Bjo grandão procê.

Meu blog

dulcemaraalmeida.blogspot.com