quinta-feira, 31 de julho de 2008

As Crônicas de Nárnia


Pois é gente.......
Eu quero falar nesse blog sobre esse livro. Pesquisei e peguei as melhores informações.
Eu tenho esse livro e já estou na penúltima crônica (da ordem cronológica) "A Cadeira de Prata".
Alguns de vocês já sabem que a Disney já lançou 2 filmes de 2 crônicas "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa" e "O Príncipe Caspian". Mas NADA se compara a ler essas mesmas histórias.


Publicação
Livro
1955
O Sobrinho do Mago
1950
O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa
1954
O Cavalo e seu Menino
1951
Príncipe Caspian
1952
A Viagem do Peregrino da Alvorada
1953
A Cadeira de Prata
1956
A Última Batalha

Na verdade, quero falar sobre o conteúdo cristão dessas histórias:

Lewis é também conhecido pelos livros que publicou na área de teologia, pensamento e apologética cristã. Segundo relato do próprio Lewis sua intenção inicial não era usar temas cristãos mas estes teriam sido naturalmente incorporados durante o processo de criação.
O conteúdo cristão da série é o centro de um caloroso debate entre os seus críticos e defensores. Muitos cristãos colocam a série como um grande meio de evangelização, enquanto outros colocam os livros como um meio subliminar de passar valores pagãos. Alguns críticos apontam que a temática cristã em vários dos livros é tão sutil que dificilmente é identificada por leitores que não estejam familiarizados com elas, embora tal sutileza permita a penetração no público não cristão.
Há ainda discussões polêmicas sobre a questão da Susana e do calormano Emeth que aparecem em A Última Batalha.
A temática cristã dos livros pode ser resumida da seguinte forma:


Livro
Tema

O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa - A Profecia
O Príncipe Caspian - A apostasia e a fé
A Viagem do Peregrino da Alvorada - O batismo e Jesus como cordeiro de Deus
A Cadeira de Prata - A vida do cristão
O Cavalo e seu Menino - Deus olha por nós
O Sobrinho do Mago - A Criação
A Última Batalha - O fim dos tempos

Lewis era um cristão. Nada se compara a forma que ele escrevia para atrair as crianças pra essas coisas. ALguns que acusam Lewis por ele usar anãos, feiticeiras e outras coisas mais, duvidam do conteúdo cristão dos livros, mas isso é porque nunca leram as histórias, ou outros livros de Lewis ou a própria biografia dele.
Vejam esse testemunho que encontrei num site cristão americano e traduzi:

"Em um verão, Lindy Lowry estava com 20 anos, ela rejeitava a fé Cristã desde dua infância - considerando uma lenda bonita que não tinha sentido num mundo cheio de maldade. Isso era porque enquanto ela morava longe estudando num curso de verão, algo inesperado aconteceu: Sua melhor amiga desde a infância foi sequestrada, espancada e brutalmente assassinada. Lindy questionou tudo depois da terrível morte de sua amiga. Deus realmente era bom? Sua amiga havia sido cristã; porque Deus não a havia protegido? "Isso causou uma crise de fé como nada que eu tivesse experimentado antes" Lindy diz. "Se Deus permitiu uma coisa tão horrível, coisas sem sentido acontecerem, eu não queria nada com ele."
Linfy rejeitou a Deus, mas durante sua rebeldia, e suas épocas grosseiras que se seguiram, os amigos Cristão de Lindy não a rejeitaram. Foi a amizade deles-e algumas "lendas bonitas" do famoso Apologista Cristão CS Lewis- que finalmente restauraram sua fé. No meio de tudo isso, estavam seus sete volumes de série infantil, As Crônicas de Nárnia. Uma das mais fiéis amigas de Linda ficou sabendo que ela havia amado a série quando criança. Mas ela também sabia que seria relevante para Lindy, naquela situação tão adulta. Improvável da segurança que sua amiga sacrificada estava "num lugar melhor", essa amiga leu para Lindy o último capítulo do último livro de Nárnia em que Lewis oferece uma bela descrição do céu. A visão dele mostrou a Lindy quão maravilhoso aquele lugar é.
[...]
"Lewis não combinou tudo bonito e organizado", Lindy agora em seus 35, relembra "mas suas palavras me fizeram começar um caminho para explorar quem é Deus, comparado com o que sempre me disseram."
Outras experiências podem não ser tão dramáticas como de Lindy, as histórias fantasiosas de Lewis tem formado uma ligação com milhões de leitores por esses anos.
[...]
http://www.christianitytoday.com/tcw/2005/novdec/11.42.html
Tradução: Viviane Buzzo.

Bem, eu mesma quando li essas histórias senti algo diferente em meu espírito. A imagem que ele descreve de Nárnia, do País de Aslam como o Paraíso e respectivamente o Céu são coisas pra mexer com seu espírito. Se você ainda não leu, LEIA, mas com um coração aberto.
Eu Vivi, amooooo demais essas história e assim CS Lewis como escritor que foi e é ainda. :)

Comentem, se vc já leu, vai ler, quer ler, discorda ou concorda com o que está escrito aqui.
Poode falar. ;)
Beijoss a todos. Fiquem com Deus e.........

"Vida Longa a Aslam" hehe


Ah participem da comu de Nárnia no Orkut:



Veja vídeos sobre Nárnia aqui:



Site mais que legal sobre Nárnia:


2 comentários:

Bel disse...

Olá..
Nossa.. achei teu blog atraves da comunidade no orkut.!
amei teu blog.. pode me add no msn? Fiquei c vontade d conhecer vc..!
Uma coisa q vc escreveu ai foi exatamente "p mim"!!

belzinha22@hotmail.com

bjos no coração e fike c Deus..
espero que me add no msn..
me manda o teu q qualker coissa eu t add, ok?!!
bjos

Polêmica disse...

Eu acho que Deus usa os meios adequados para alcançar cada tipo de pessoa! Eu não duvido que Deus use este livro para alcançar muitas pessoas pelo mundo mas, tem outras que Deus vai alcançá-las de outra forma! Eu não li o livro mas, senti vontade de ler.

Beijinhos!